Deus criou a água, mas o homem fez o Vinho


Vinho

Blogues

English

Curiosidades

Imprensa






ViVinhos

Bella Vinha - Moscatel - Brasil - 24Set2018 09:06:24

Branco.

Um correto moscato, com doçura e aromas bem frutados, lembrando um pouco pera. Amarelo palha, com reflexos dourados, corpo mediano para um branco e final ligeiro.

 Não é um grande vinho, mas para um final de tarde descomprometido vai bem. É um vinho com bom preço.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/rgrPISLNMds/bella-vinha-moscatel-brasil.html

Licor Fino de Physalis, 500ml, 22%VOL.

De cor translúcida, amarelo ouro claro.

Licor bastante equilibrado, com doçura muito bem proporcionada, acidez agradável, corpo mediano e um aroma pronunciado de physalis, lembrando frutas cítricas com um toque de mel ao fundo.

É o único Licor Fino de Physalis produzido no Brasil, e nós temos o orgulho de sermos os produtores. Montamos uma pequena licoraria artesanal e já obtivemos o registro junto ao Ministério da Agricultura (MAPA), e agora estamos nos dedicando a produzir licores de qualidade superior.

As Physalis são de cultivo próprio e de sítios vizinhos, sem utilização de agrotóxicos.

Para conhecer mais nosso trabalho acesse no Instagram: https://www.instagram.com/LicorariaArsVivendi/


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/8KtQFgj_n4s/licor-fino-de-physalis-ars-vivendi.html

Soli - Bulgaria - 19Jul2018 18:49:00


Pinot Noir, 2013
Bulgaria

É um Pinot Noir interessante, que vale a pena experimentar. Tem o estilo de Pinot do novo mundo, lembrando os chilenos.

É translúcido rubi, com reflexos violáceos. Aroma frutado, lembra goiaba, um pouco mentolado, com bastante frescor.

Corpo leve, acidez presente, final amargo, refrescante, não tem final muito prolongado e pouco tanino.

Não é um vinho medíocre, mas apresenta alguns pequenos defeitos como o amargor destacado, o que o impede de ser um vinho harmônico. Mas vale a experiência.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/VqUV54G1oxs/soli-bulgaria.html

Salton Desejo - Brasil - 10Dez2017 18:59:00


Merlot, 2008
Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul

O vinho está no auge, com aromas complexos e generosos.
Frutas vermelhas maduras, cassis, hortelã, madeira, fumo de corda.
Na boca é mediano a encorpado, com taninos e acidez excelentes! No começo não apareciam os taninos, parecia um vinho magro, mas após a decantação, o vinho apareceu!!
Cor rubi com reflexos de tijolo.

Sem defeitos! Perfeito!

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/jdG0LU1v4eE/salton-desejo-brasil.html



Tinto, 2014
Portugal, Alentejo
Aragones, Trincadeira

Aroma de frutas vermelhas e roxas, com um pouco de amargor, herbáceo e mentolado. Também mostra chocolate, tostado, canela e especiarias.

Corpo mediano, tânico, jovem, pode envelhecer, não tem muita acidez mas é equilibrado.

Muito bom vinho!

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/DR7OArx8H8U/santa-fe-de-arraiolos-portugal.html

Antano - Crianza - Espanha - 31Out2015 19:27:00
Tinto, 2007.
Rioja.


Esse vinho está no auge, sem sinais de decadência, ainda vai uns 3 anos para começar a decair.

Seu aroma tem especiarias, frutas roxas, couro, defumado, salame, bem complexo e voluptuoso.

Na boca tem taninos médios acentuados, acidez também acentuada, corpo denso, final prolongado.

É um vinho harmônico e gastronômico, acompanha massas e carnes. Foi um achado, excelente custo benefício.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/Ztfzfng0Juc/antano-crianza-espanha.html

Bisonte - Argentina - 24Out2015 20:06:00
Tinto, 2005.
Malbec.


Um vinho interessante, maduro, já passou um pouquinho do auge.

Tem aromas de chocolate, café, defumado, madeira, vegetal pujante, frutas vermelhas, compota, álcool, bem complexo.

Na boca tem bastante tanino, mas não agressivos, acidez acentuada, amargor leve, retrogosto interessante, final longo, um vinho persistente, corpo mediano.

Compramos no center norte na promoção, pela metade do preço. Ótimo garimpo.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/01MjSHdL5mg/bisonte-argentina.html


2006, tinto.
Cabernet Sauvignon.

É um vinho rubi com reflexos alaranjados, não parece que tem 9 anos, ainda dura uns 5 anos, pelo menos.

Seu aroma não é mágico. Tem grama molhada, mentolado, pimentão, tostado, madeira, frutas vermelhas.

Na boca é perfeito, taninos bem estruturados, na medida. Boa acidez e amargor acentuado, mas que não distoa, dando boa persistência.

Não percebe-se o álcool nem no aroma, nem na boca.

Harmônico.



Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/7YdAzxuPslw/casa-valduga-villa-lobos-gran-reserva.html

Graffigna - Argentina - 17Out2015 20:48:00
Tinto, 2003.
Syrah.

Um vinho de 11 anos que já passou do auge mas que está bem interessante.

Apresenta todas as características de vinho envelhecido.

No aroma tem álcool bem presente, madeira velha, fumo de corda, cassis. Na boca tem acidez acentuada, amargor, retrogosto interessante, mas já sem taninos.

Mas gostamos... compramos no center norte em sp e não lembramos o preço.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/AZnuIrEq1Dg/graffigna-argentina.html

Quinta do Côto - Portugal - 10Out2015 20:35:00
Tinto.
Douro, 2005.

É um vinho de rosca, foi abrindo depois de decantado, mas está sem as características de vinho envelhecido. Está no auge, é um vinho maduro.

Com aromas de frutas vermelhas, couro, vegetal, madeira, compota. Com acidez agradável, taninos medianos e corpo mediano, o que impressiona por ser um vinho longevo. É um vinho gastronômico.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/xjBZ5iRyHT8/quinta-do-coto-portugal.html

Tinto, 2013.


Seu aroma é discreto, tem herbáceo, frutas vermelhas, toque floral.

Na boca tem acidez acentuada, taninos suaves, persistência média, amargor leve, com álcool ressaltado. É gastronômico.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/5WIupH73d7I/poggio-al-sorbo-chianti-italia.html

Anas - Portugal - 27Set2015 01:27:00
Tinto, 2012.
Alentejo.


Seu aroma é alcóolico, frutado, cereja, cassis, grama cortada, vegetal.

Na boca é bem tânico, acidez na medida, álcool bem presente, sem muita persistência, não é harmônico, mas é equilibrado.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/k4tFOZsOHAA/anas-portugal.html

1997.
Tinto. Tempranillo e Mazuello.

Assaltamos nossa adega, que a Anny guarda a 7 chaves. Aproveitei uma distração dela, consegui 6 chaves, e tive que convencê-la a entregar a sétima.

Um bom vinho envelhecido é tudo de bom, e este é o caso. Se você tem um desse na adega, não deixe para amanhã, encontre uma boa oportunidade para tomá-lo ontem, pois já está passando do tempo. A ótima oportunidade pode ser uma visita, melhor ainda se nós formos os visitantes. Use decantador, que o aroma abre com o tempo.

Sua cor é rubi intenso, com reflexos alaranjados e "tijoláceos". Bem perfumado, seu aroma é característico de vinho evoluído, mas com um sutil aroma de fruta ainda presente, principalmente se percebido no decantador. Tem aroma de fumo, madeira velha, um toque de bala de café e ao fundo pode-se perceber ameixa e cassis.

Na boca está excelente, bastante saboroso, com taninos suaves, leve amargor e boa acidez, mas com a idade já perceptível. Tem corpo mediano, harmônico, com persistência longa e retrogosto aparente, evocando o fumo.

Putz, como é bom vinho bom. Pena que a garrafa só tinha 750ml.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/5CYMXhiw8h8/conde-de-valdemar-gran-reserva-1997.html

Mathilde - França - 13Set2015 21:56:00
França.
2011, tinto.

Tem aroma de frutas vermelhas, floral, especiarias, bem complexo.

Na boca tem amargor acentuado, com boa acidez, taninos bem presentes, retrogosto de tostado e chocolate, boa persistência. Tem potencial de guarda.






Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/vqF4vgtcA04/mathilde-franca.html

Los Cardos - Argentina - 13Set2015 01:11:00
Tinto, 2013.
Malbec.


Vinho rubi com reflexos violáceos.

Aroma de cereja, fruta vermelha fresca, mentolado, picante, floral, adocicado, álcool.

Na boca tem taninos presentes, acidez na medida, boa persistência, mas tem um pouco de amargor a mais.

Um vinho jovem, mas ainda vai uns 5 anos.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/R0SA6hwjjL8/los-cardos-argentina.html

Tinto, 2014.
Pinot Noir.


Vinho bem interessante, com aroma de frutas vermelhas, vegetal, especiarias, um pouco de madeira, não tem muito de goiaba.

Na boca é pouco tânico, acidez acentuada, pouco amargor, bom equilíbrio, para ser degustado jovem.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/2e7akGWOXLY/casa-valduga-premium-identidade-brasil.html

Azul - Chile - 30Ago2015 00:16:00
Tinto, 2013.
Cabernet Sauvignon.


Apresenta cor rubi com reflexos violáceos, aroma de frutas roxas, vegetal, chocolate, compota, geléia de ameixa, alcaçuz, bastante álcool.

Na boca tem amargor, taninos medianos, acidez também mediana, bastante álcool, pede um decantador.

Seu defeito é o álcool excessivo... 15°!!!

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/SI06uK8u5Lo/azul-chile.html

Kaufman - Argentina - 23Ago2015 00:02:00
Branco, 2011.
Chardonnay.


Um vinho amarelo dourado, com aroma adocicado, de abacaxi maduro, mel, manteiga.

Acidez correta, corpo mediano, retrogosto mineral, mas já apresenta características de envelhecimento, está no auge, bem agradável.

Não sabemos seu preço, o cunhado que trouxe...

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/5Z9YDKwRuz8/kaufman-argentina.html

Califórnia, tinto.
Merlot, 2004.

Esse vinho de 11 anos apresenta-se com algumas características de vinho envelhecido, como a borra, reflexos alaranjados. Seu auge começou no ano passado, é para ser degustado hoje, ainda vai até o ano que vem...

A cor é rubi com os reflexos tijoláceos, o aroma é amadeirado, fumo de corda, frutas vermelhas, compota, grama cortada.

Na boca apresenta-se com bons taninos, a acidez já começou a decair, discreto amargor, mas ainda é equilibrado e persistente.





Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/3TTnxlQjFgQ/francis-coppola-blue-label-eua.html

Um chardonnay jovem, leve, com aroma cítrico, lembrando abacaxi, maç? verde, com um toque de mel. Na boca tem uma acidez acentuada, alcoólico, com  retrogosto presente e corpo mediano. Tem persistência mediana, e bom equilíbrio.


Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/5jHVO5U-w0c/benjamin-nieto-senetiner-chardonnay.html

Brett Edition - Portugal - 08Ago2015 23:44:00

Tinto, 2009.
Alentejo.

Tem aroma vegetal, frutas roxas, couro, bem complexo. Álcool muito presente.

Na boca tem baixa acidez, bons taninos, amargor presente, encorpado, boa persistência,

Um vinho interessante, não sabemos o preço.



Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/o6AXQeinGBU/brett-edition-portugal.html

Conde de Valdemar - Espanha - 01Ago2015 23:30:00
Rosé, 2011.
Rioja.


O vinho foi abrindo seu aroma conforme fomos tomando, mas não colocamos em decantador... ele merece ser decantado!! Já começa a ter algumas leves características de vinho envelhecido.

Tem um aroma bem interessante, apresenta goiaba, pêssego, morango flambado, geléia de frutas vermelhas, floral, vegetal.

Na boca é muito equilibrado, tem acidez acentuada, taninos presentes, retrogosto de goiaba.

Vinho excelente!

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/C9yYiWP-Czk/conde-de-valdemar-espanha.html

Tinto.
2005.

Cor rubi, com reflexos violáceos, translúcido, com borda mais clara.

Aromas: madeira, fumo de corda, defumado, leve cereja e cassis. Alcoólico.

Boca: corpo mediano, taninos medianos, acidez correta, amargor leve. Harmônico, equilibrado, fino e com persistência mediana a prolongada.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/sPKIg4G-SwQ/boscato-reserva-merlot-brasil_22.html

Tinto.
2007.

Aroma: frutado, frutas roxas maduras ameixa, defumado, adocicado, floral. alcoólico. Leve amargor.

Corpo mediano a encorpado, com taninos bem presentes, mas não pesados, com acidez na medida, amargor suave.

Persistência longa, bastante equilibrado, fino.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/eslnYOMpiMg/boscato-reserva-merlot-brasil.html

2010.
Tinto.

É um vinho básico, com aroma frutado e levemente mentolado. Na boca é um vinho um pouco cansativo, com amargor bem perceptível, taninos medianos, acidez correta e corpo mediano a leve.

É um vinho quase equilibrado, com persistência mediana, para ser tomado acompanhado por comida mais gordurosa.

Não é um vinho altamente recomendável, mas a indicação não é de evitar a compra.

Na mesma faixa de preço existem opções melhores.

Fonte: http://feedproxy.google.com/~r/blogspot/qMQBv/~3/gMrP5wyblxg/lindemans-shiraz-cabernet-australia.html